Concha é mais uma prova de que discurso da "perseguição" é vazio


A reinauguração da Concha Acústica do Teatro Castro Alves é na avaliação do vereador Gilmar Santiago (PT), mais uma prova de que o discurso do prefeito ACM Neto sobre uma "perseguição a Salvador" é vazio e fruto do ressentimento de ter sido derrotado duplamente pelos eleitores da cidade em 2014.

"A reabertura da Concha Acústica, totalmente requalificada, se incorpora a outras ações dos governos federal e estadual que são visíveis em diversos bairros, em áreas como mobilidade urbana, habitação e infraestrutura, sem falar no bolsa família, programa do qual alguns aliados do prefeito tentam se apropriar", diz Gilmar.

O vereador alerta para o fato de que o que pode estar por trás de o prefeito insistir no discurso da "perseguição" nos últimos dias é a vontade dele protagonizar, no governo golpista de Temer, a perseguição que diz ter sofrido.

Post em destaque
Postagens recentes