Espero que não seja verdadeira a informação da venda de 49% da Embasa



O vereador Gilmar Santiago (PT) disse esperar que não seja verdadeira a informação dando conta que o governo do Estado estaria disposto a vender 49% das ações da Embasa.


“A população já se manifestou em passado recente contra a privatização da Embasa, e não será no governo do PT que isso irá acontecer”, afirma Gilmar, lembrando que a empresa resistiu ao que denomina “laboratório de privatizações do período tucano-carlista, na décado de 1990, quando foram privatizados o Baneb, a Coelba e a Companhia de Navegação Baiana (CNB).


Gilmar lembra ainda que recentemente o governador Rui Costa criticou os problemas com a prestação de serviços pela Coelba privatizada. “Uma coisa é continuar investindo no sentido de melhorar a prestação de serviços no sentido da qualidade, em busca de universalização do acesso a água e esgotamento sanitário, e outra coisa é fazer o que a Sabesp fez em São Paulo, privilegiando o lucro dos acionistas, e provocou a maior crise hídrica na maior cidade do país”, alerta o vereador.

Post em destaque
Postagens recentes