Gilmar Santiago defende que as licenças ambientais da Sucom sejam revisadas


Edifício La Vue, na Barra, recebeu licença ambiental da Sucom

Depois do escândalo da venda de licenças ambientais na Sucom e das denúncias sobre irregularidades nos alvarás de um prédio da encosta da Vitória e um posto de gasolina na Avenida Paralela, o vereador Gilmar Santiago (PT) acredita que todas as licenças para construção em áreas próximas a patrimônios ambientais estão sob suspeição, entre elas a do edifício La Vue, na Ladeira Barra, cuja liberação ainda não foi bem explicada pela prefeitura. "Essas e todas as licenças ambientais concedidas no período identificado pelo Ministério Público devem passar por uma revisão, sob pena de serem questionadas e alvo de ações judiciais no futuro", defende o vereador.

Post em destaque
Postagens recentes