Balanço da operação chuva é mais uma ação midiática do prefeito

Manu Dias/GovBA

Encosta no Lobato

Mais uma ação midiática para render manchetes. Assim o vereador Gilmar Santiago (PT) definiu o anúncio, pelo prefeito ACM Neto (DEM), do balanço da operação chuva. "É uma operação que ninguém sabe e ninguém viu e cujo único resultado prático são lonas pretas jogadas nas encostas", criticou.


"Como é costume do prefeito terceirizar tudo na sua administração, a culpa pela tragédia anunciada das chuvas foi da natureza (‘choveu de mais’), e da população (‘escolhem lugares de risco para morar’)", disse Gilmar. Ele também criticou o anúncio de restruturação da Defesa Civil, ressaltando que o prefeito está no terceiro e penúltimo ano de mandato e age como se ainda estivesse iniciando a gestão.


Manu Dias/GovBA

Encosta no Largo do Tanque


Sobre as "ações" anunciadas, Gilmar lembrou que a imprensa tem noticiado a existência de famílias que não receberam o aluguel social, e outras que só receberam uma ou duas parcelas, entre elas desabrigados de 2014. Entre as "obras" contabilizadas está a Ladeira do Cacau, cuja comunidade pediu esta semana ao governador Rui Costa que retome para o Estado a responsabilidade de concluir ações inacabadas.


"O prefeito deveria seguir o exemplo do governador e detalhar como serão ou são investidos os R$ 190 milhões que ele diz ter para contenções de encostas, quanto custará e a localização de cada uma delas e também os R$ 93 milhões que diz ter aplicado, já que nas áreas onde aconteceram desabamentos ninguém identifica nenhuma ação. Já disse e repito: faço questão de visitar todas", sugeriu Gilmar.

Post em destaque
Postagens recentes